Eu ainda estou aqui

12 agosto 2012

Há um tempo, prometi a mim mesma que não faria isso de novo. Então, conheci um cara. Conheci você.

Você me conhecia de vista, mas já sabia como eu era. Sabia que quando eu me envolvia era para valer. Sabia que eu era meio paranoica e precisa me conter para não tentar controlar o mundo. E você veio com o seu jeito garotão-maluco-vida louca, chegou e me mostrou outro lado da vida que eu não conhecia. Um lado mais leve, sem tanta informação e responsabilidade. 
Em um sábado qualquer nos encontramos e finalmente nos aproximamos. Eu e meu jeito agitado. Você e seu sorriso fácil. Depois disso, sem querer, passamos a nos falar mais seguido. Quando percebi, você já era o cara que eu disse que eu não queria por um bom tempo. 
A cada vez que nos víamos nos aproximávamos mais e, eu sentia que ficava cada vez mais forte. Você era o amigo que eu precisava e o amor que eu queria. Tudo junto. A conversa fluía fácil e sempre dávamos boas risadas.
Eu sinto sua falta. E quero que perceba que, aquele dia, aquela conversa, não foi para te por contra a parede. Eu havia saído de um relacionamento machucada e precisava ser sincera comigo. Não sabia o que esperar de você, de nós. Por isso resolvi perguntar. Eu não te ataquei. Apenas coloquei as cartas na mesa para entender o que se passava. Comigo. Com você. Eu não queria que acontecesse de novo.
E aconteceu.
Mesmo que você tenha tomado cuidado. Mesmo que eu não tenha me iludido, aconteceu. Eu tentei, e quando disse que estava desistindo de você, de nós, era verdade. Em partes. Eu ainda sinto a mesma coisa por você, mas você disse que não vale a pena insistir. E então ninguém acertou ou errou. Foi apenas falta de sorte.
Acho difícil que você lembre de mim do mesmo modo que eu lembro de você.  Com o mesmo carinho. O fato é que se você quiser conversar eu ainda estou aqui. Mas eu não vou insistir.

0 comentários:

Postar um comentário







Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!