Não quer dizer que seja amor

15 julho 2012


Eu apenas gosto da sua companhia. Gosto de conversar com você e me sinto segura. Gosto pelo simples fato de que você é diferente de todos os outros caras que me interessei.
Você me faz rir e isso é demais.

A falta de coragem para apagar as mensagens mostra apenas o quanto eu sinto saudade de um momento próximo que virou passado. Talvez minha impulsividade seja o que definiu o fim de algo que não havia começado. Ou não era para começar mesmo e a vida tratou de cancelar todos os meus planos. Algo inclusive que me irrita bastante. Detesto quando planejo uma coisa e acontece algo que me impede de executar. Talvez tivesse que ser assim.
O que importa é que eu sinto falta de algo que eu não tive. Imaginei ter. Ou não. À essas alturas não sei mais o que foi imaginação e o que foi realidade. Parece que me equivoquei bastante com o que imaginei que você sentia. Confusão sentimental. A palavra composta perfeita para ser usada aqui. E ainda hoje, depois de algum tempo, eu corro a cada toque do celular anunciando uma nova mensagem.
"Não operadora, eu não quero a promoção."
O brilho momentâneo que tomou conta dos meus olhos por uma fração de segundo se apaga. Volto ao que estava fazendo mas o pensamento fica em você. Lembrando que um tempo atrás seria um mensagem que deixaria meu dia mais alegre, simplesmente por você se lembrar de mim.

E isso, não quer dizer que seja amor. Quer dizer que sabe-se lá porque, em tão pouco tempo, você se tornou importante para mim.

0 comentários:

Postar um comentário







Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!