Coisas que aprendi pelo caminho

28 junho 2012







Aprendi que não devo falar e nem aceitar doces de estranhos.
Que não devo beber nada do copo de nínguem.
Aprendi que dormir cedo e comer na hora certa não era tão ruim assim.
Aprendi que tem coisas piores que a escola e que não é porque o brinquedo do meu amigo é mais caro que é melhor que o meu.
E sim, a infância é a melhor fase da vida.
--
Percebi que um tênis de marca, o celular do momento ou uma roupa de grife não compram status, e que, esse status não compra caráter.
Entendi que sempre tenho que ter uma opinião. Nunca devo ficar em cima do muro.
Aprendi que nem sempre vou ter tudo o que eu quero, ainda mais se o que eu quero não é um objeto.
Aprendi que a saudade dói mas que é possível superá-la, e que por mais que a verdadeira decepção machuque, é menos dolorida do que a mentira.
Aprendi que fugir e me enganar não é a melhor opção.
Entendi que o mundo não gira ao meu redor, que as pessoas podem não querer o mesmo que eu e isso, devo aceitar com maturidade.
Aprendi que em toda mudança ruim algo de bom deve existir e, que basta um olhar positivo para perceber.
Aprendi que não é não, mas se eu estiver munida de bons argumentos posso fazer do "não" um "talvez".
Aprendi a engolir sapos e que não posso levar tudo a ferro e à fogo. Entendi o verdadeiro significado da frase "política de boa vizinhança".
Aprendi que ganhar uma luta não significa ganhar a guerra.
Percebi que um sonho nem sempre é possível de ser alcançado, mas isso não me impede de lutar até o fim.

 
E, finalmente aprendi, que antes de amar e admirar qualquer pessoa eu sei que eu sou a criatura mais excepcional que conheço, mas isso não faz de mim um ser perfeito.


Beijos
Amanda

0 comentários:

Postar um comentário







Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!