Vontade de Nada

22 maio 2012


Hoje quando acordei continuei deitada no escuro e de olhos fechados, sem nenhuma vontade de levantar. Foi quando pensei:  'Hoje vai ser um dia daqueles!'
Daqueles que eu não sei o que eu quero. Que eu tenho vontade de nada.
Isso me acontece algumas vezes. Deve ser para equilibrar com a correria do dia-a-dia e o fato de termos que nos posicionar sobre tudo. Ou como diria Caio Fernando Abreu “Dias tristes, vontade de fazer nada, só dormir. Dormir porque o mundo dos sonhos é melhor, porque meus desejos valem de algo, dormir porque não há tormentos enquanto sonho, e eu posso tornar tudo realidade.”
Não sei a real explicação.
São tantas responsabilidades, compromissos, sonhos e metas que uma hora eu quero nada.
Quero fazer nada, pensar em nada. Apenas relaxar, sem me ocupar com nada.
Nada de acordar cedo
Nada de secardor de cabelo, meia calça e maquiagem
Nada de salto alto
Nada de bons dias (exceto alguns, que são especiais e sempre bem vindos)
Nada de trânsito e previsões do tempo
Nada de almoçar no horário
Nada de academia
Nada de alguém fofocando sobre a novela de ontem
Nada de más notícias no Jornal Nacional
Hoje eu quero nada.

-Eu abro os olhos e em seguida fecho novamente. Vou voltar a dormir 


Beijos
Amanda

0 comentários:

Postar um comentário







Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!